Painel da Virada | Segurança Pública
Painel da Virada | Segurança Pública

Quer compartilhar?


Mais detalhes

Classificação indicativa: Livre

Categoria(s):

  • Seminário
  • Paz, Justiça e Instituições eficazes

Painel da Virada | Segurança Pública

2018 é o ano em que celebramos 70 anos da declaração dos direitos humanos pela ONU, 30 anos da promulgação da nossa Constituição Federal que validou nossos direitos cidadãos. Estamos a 12 anos do cumprimento das metas da agenda 2030 dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável e temos muito que avançar, juntos! 2018 é ano de eleições, ano de fortalecimento da nossa jovem democracia. Tempo de engajarmos a todos em uma potente participação cidadã. É ano de Virada,  de realizarmos 2ª edição da Virada Sustentável Rio. Parte do eixo Conhecimento, os  Painéis da Virada são diálogos propositivos com especialistas nos temas escolhidos pela população fluminense.

Segurança Pública é a defesa e garantia da vida

Neste painel sobre segurança pública, vamos dialogar sobre como garantir o direito à  segurança pública dos moradores do Rio de Janeiro, em especial dos moradores de favelas, como um direito cidadão? Sentir-se seguro é um direito, independente de morarmos na zona sul ou em uma favela. Segurança Pública é a garantia do direito à vida.  

Anfitrião: Redes da Maré. Shyrlei Rosendo é mestre em Educação e Políticas Públicas pela Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (UNIRIO), moradora da Maré. Pesquisadora dos temas, Juventudes, favelas. Hoje coordenadora de Mobilização do Eixo de Segurança Pública da Redes da Maré e atuante no Fórum Basta de Violência! Outra Maré é Possível.

Painelistas Convidados:

Pastor Henrique Vieira é formado em Teologia, História e Ciências Sociais. Pastor da Igreja Batista do Caminho e membro da Frente de Evangélicos pelo Estado de Direito. Atua também como coordenador do Coletivo Esperançar (Evangelho e Direitos Humanos) e Membro da Aliança de Batistas do Brasil; Ator de Cinema e Teatro e Assessor de Movimentos Sociais

Fórum Grita Baixada. Fransérgio Goulart é membro do Fórum Grita Baixada , movimento social de formulação e incidência política no campo da Segurança Pública na Baixada Fluminense. Criador do Espaço Pra que pra Quem Servem as Pesquisas sobre Favelas?, que mobiliza favelados e pesquisadores para uma discussão sobre a construção de novas epistemologias.Fransérgio Goulart é também Especialista em Cartografia Social e Políticas de Juventudes, além de apoiador da Rede de Comunidades e Movimento contra Violência do Estado e da Rede de Mães Familiares Vítimas da Violência do Estado na Baixada Fluminense.

Ministério Público. Paulo Roberto Mello Cunha Junior é mestre em Ciência Política e pós graduado em Políticas Públicas de Justiça Criminal e Segurança Pública pela Universidade Federal Fluminense (UFF); Promotor de Justiça titular da Auditoria de Justiça Militar do Rio de Janeiro e Subcoordenador do Grupo de Atuação Especializada em Segurança Pública (GAESP) do MPRJ.

Coletivo Papo Reto. Renata Trajano é professora de educação infantil de formação, lecionei apenas por 3 anos,  mulher Negra,filha, mãe. Desde os 14 anos é engajada na luta por direitos humanos quando teve seu irmão assassinado na Baixada Fluminense. Em 1 de maio de 1994, mudou-se para o Complexo do Alemão onde continuou suas pesquisas pessoais sobre direitos humanos. Em 2007 teve sua casa invadida pela PM (batalhão de choque) e gravou junto com o mandato do Marcelo Freixo o documentário Elas da Favela. Fez diversos cursos voltados para os direitos humanos e políticas públicas. Sua formação acadêmica são as rua, becos e vielas.

Inscreva-se aqui para este painel.

Virada Sustentável

Datas, Horários e Locais

Horário(s) para o dia 07 de Junho

Das 14:00h às 16:00h

Local: MAR - Auditório
Praça Mauá, 5 - Rio de Janeiro - RJ - 20081-240
Traçar Rota