Elza Soares | A Voz e A Máquina
Elza Soares | A Voz e A Máquina

Quer compartilhar?


Mais detalhes

Classificação indicativa: Livre

Categoria(s):

  • Música
  • Redução das desigualdades

Elza Soares | A Voz e A Máquina

Não à toa, Elza Soares é reverenciada como uma artista à frente de seu tempo. A nova versão do show "A Voz e a Máquina" é uma das provas disso. Acompanhada por dois músicos da cena eletrônica e um guitarrista, o quarteto é ao mesmo tempo minimalistas na formação e completo musicalmente como uma orquestra, em arranjos sob medida para a voz da Diva Pop. Samples, loops, drum machines, synths e a voz processada, desconstruída e reconstruída pelas máquinas musicais. Tudo isso embalado por uma surpreendente sequência de mapping projeções em um cenário totalmente branco que ganha as mais variadas formas levando o público a viajar durante o show. Após dedicada pesquisa sobre a música eletrônica, Ricardo Muralha e Bruno Queiroz adicionaram ao show controladores midi de diversas naturezas, tablets e possibilidades em ”loop” de todos os instrumentos, somado as guitarras do produtor musical Caesar Barbosa, resultando em arranjos originais e orgânicos. Elza Soares rodou o Brasil com a primeira versão desse show e contou com participações para lá de especiais como Emicida, Otto e Gaby Amarantos. O show é uma reunião de clássicos de carreira da artista, além de hits do momento em releituras descoladas como Computadores Fazem Arte, A Carne, Mulher do Fim do Mundo, Saltei de Banda e outros clássicos da música popular brasileira. O show ganha um tom ainda mais emocionante quando Elza Soares protesta em verso e prosa contra as mazelas da sociedade em músicas como Não Recomendado.

Elza Soares

Vencedora do Grammy Latino, conquistando o título de um dos dez melhores discos do ano pelo The New York Times, vencedora dos principais prêmios musicais e técnicos de 2015 e 2016, com o álbum “A Mulher do Fim do Mundo”, Elza Soares conquistou em 2017 pelo segundo ano consecutivo o prêmio de “Melhor Álbum” na categoria “Canção Popular” dessa vez com o disco “Elza canta e chora Lupi” e foi indicada ao prêmio de “Melhor Cantora” na 28° edição do Prêmio da Música Brasileira realizada em 2017. Ano especial na carreira da artista que fez sua estreia no palco do festival Rock In Rio. Incansável, a Diva brasileira celebra o sucesso no Brasil, Europa, EUA e prepara sua turnê pela América Latina começando por Buenos Aires na Argentina.

Datas, Horários e Locais

Horário(s) para o dia 08 de Junho

Das 21:30h às 22:40h