A Virada Sustentável na Educação
A Virada Sustentável na Educação

A Virada Sustentável na Educação

PROGRAMAÇÃO DOS SEMINÁRIOS

A Virada Sustentável promove quatro diferentes seminários nesta edição de 2017 em Porto Alegre:

A seguir você verá detalhes da programação do “A Virada Sustentável na Educação”. Neste seminário, será necessária inscrição prévia.

Inscreva-se aqui

VIRADA SUSTENTÁVEL NA EDUCAÇÃO

A partir das orientações da Declaração de Incheon Unesco 2015 este seminário coopera para o estabelecimento de uma nova base para a educação, baseada no conceito de sustentabilidade. Assim, examinamos os 3 eixos programáticos desta virada conceitual: currículo, espaço e gestão, que serão abordados em 3 painéis. Conferências sobre as mudanças climáticas e visões de Gaia complementam a programação, voltada para educadores e gestores da educação.

CONCEITOS

Nossos documentos de referência são da Unesco, a declaração de Aichi-Nagoya 2014, que encerrou a década da Unesco para a Educação Sustentável (UN Decade of ESD, 2005-2014), e a exaustiva declaração de Incheon 2015, que sucede a esta e propõe metas para 2030.

As principais referências são:

1) o esforço para se produzir e disseminar uma nova matriz curricular, baseada na sustentabilidade (como fundamento epistemológico e metodológico a orientar a educação em sua totalidade);

2) o desenvolvimento de 3 vetores programáticos:

a) currículo e ensino;

b) espaço (arquitetura, paisagem ambiente);

c) gestão (incluindo-se políticas públicas, planejamento).

CURADORES

Francisco Marshall Historiador e arqueólogo, professor titular no Depto. e PPG História/IFCH e no Depto. e PPG Artes Visuais/IA da UFRGS, fundador e curador cultural do StudioClio – Instituto de Arte & Humanismo, em Porto Alegre.

Luis Felipe NascimentoÉ professor titular na Escola de Administração da UFRGS e líder do Grupo de Pesquisa em Sustentabilidade e Inovação. É doutor em economia e meio ambiente pela Kassel University, Alemanha, com pós-doutorado na University of Massachusetts, EUA.

Carlos MoraesEngenheiro e mestre em Engenharia Metalúrgica, doutor em Ciência dos Materiais (1997 – University of Manchester). Professor dos Programas de Pós-Graduação em Engenharia Mecânica e Engenharia Civil da Unisinos.

Alexandro Marques Tozetti – Possui graduação em Ciências Biológicas pela Universidade de São Paulo (1999), mestrado (2002) e doutorado (2007) em Ecologia também pela Universidade de São Paulo (USP). Atualmente, é professor associado na Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos) e coordenador do Laboratório de Ecologia e Evolução de Vertebrados Terrestres. Atualmente desenvolve estudos sobre ecologia, evolução e história natural com ênfase em anfíbios e répteis associados a ambientes úmidos neotropicais.

PROGRAMA

Teatro Bruno Kiefer - Casa de Cultura Mario Quintana

Sexta-feira, 31/3

16h30 às 17h30

UMA CONVERSA SOBRE ÁGUAS, RIOS, OCEANOS E SOBRE A ANTÁRTICA

Com Amyr Klink e Marina Klink

17h30 às 18h30

Painel: Educação e Desenvolvimento Sustentável

Jefferson Simões – Professor titular de Geografia Polar e Glaciologia da UFRGS, membro titular da Academia Brasileira de Ciências, pioneiro da ciência glaciológica no Brasil, é atualmente vice-presidente do Scientific Committee on Antarctic Research (SCAR), coordenador-geral do Instituto Nacional de Ciência e Tecnologia da Criosfera e professor colaborador do Climate Change Institute, University of Maine, Orono, EUA.

18h30 às 19h30

Mesa-redonda: Mudanças Climáticas – com Luiz Carlos Xavier – Braskem e Adriana Mello – ERM Brasil

Adriana Mello – bióloga, mestre em ciências ambientais, é consultora da ERM no escritório de São Paulo, na área de Energia e Mudanças Climáticas (E&CC). Profissional com experiência no desenvolvimento de projetos de gestão de emissões de gases de efeito estufa (GEE) e estratégias em mudanças climáticas para empresas em diversos setores da economia. Atua como gerente de projetos de risco climático e adaptação; inventário de emissões de GEE e projetos de mitigação; estratégias coorporativas e benchmarkings setoriais, referente à mudança do clima. Anterior à ERM integrou a equipe de consultores de projeto financiado pelo governo do Japão para o desenvolvimento e capacitação da Autoridade Nacional Designada (AND) e outras organizações pertinentes à promoção do Mecanismo de Desenvolvimento Limpo (MDL) em Angola.

19h30 às 20h30

Recepção de abertura, com apresentação de Francisco Marshall e sessão de autógrafos dos livros ANTÁRTICA - OLHAR NÔMADE, de Marina Klink e NÃO HÁ TEMPO A PERDER de Amyr Klink.

Sábado, 1/4

10h às 11h30

Abertura: Francisco Marshall – Apresentação do documento da UNESCO e suas relações com a prática escolar.

Painel 1 – Sustentabilidade no Ensino

Abordará temas relacionados a currículo, método e teorias mais utilizadas para tratar da sustentabilidade no ensino.

Painelistas:

  1. Ailim SchwambachDoutora pelo PPG em Educação em Ciências da UFRGS, com período sanduíche pela Universidade de Londres (UCL), Inglaterra. Delegada do Brasil na COP 21 em Paris. Vencedora do Prêmio RBS de Educação de 2014. Finalista no Prêmio de Vídeos sobre sustentabilidade da Embaixada da França no Brasil. Atualmente, é professora do Instituto Ivoti na educação básica e na superior.
  2. Paola Schmitt Figueiró – Formada em Administração pela UFSM, mestrado e doutorado em Administração com ênfase em Inovação, Tecnologia e Sustentabilidade pela UFRGS. Doutorado Sanduíche na HEC – Montreal, Canadá. Professora e pesquisadora na Universidade Feevale. Integrante de projeto de extensão que atende Cooperativas de Reciclagem do Vale do Sinos/RS. Desenvolve pesquisas em Educação para a Sustentabilidade, Aprendizagem Social, Aprendizagem Transformadora, Empreendedorismo Social, dentre outros.
  3. Isabel CarvalhoÉ psicóloga pela Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUCSP), especialista em psicanálise pela Universidade Santa Úrsula RJ, mestre em Psicologia da Educação pela Fundação Getúlio Vargas RJ e doutora em Educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul (UFRGS). Realizou seus estudos de pós-doutorado em antropologia na Universidade de San Diego, Califórnia (UCSD). Nos anos 80 trabalhou como educadora ambiental no Instituto Florestal de São Paulo e no Jardim Botânico do Rio de Janeiro. Nos anos 90, atuou como pesquisadora no Instituto Brasileiro de Análises Sociais e Econômicas IBASE (RJ). Desde os anos 2000 é professora universitária. Atualmente, é docente permanente do Programa de Pós-Graduação em Educação, na Escola de Humanidades da Pontifícia Universidade Católica do RS (PUCRS).

Mediador: Luis Felipe Nascimento

11h30 às 13h

Painel 2 – Escola, Espaço e Sustentabilidade

Painelistas:

  1. Laura Rosano – Chef especializada em cozinha regional e mediterrânea.
    Pós-graduada em Dieta Mediterrânea e mestre em Cozinha Contemporânea na Universidad de Barcelona. Tem 20 anos de experiência, 10 desses na Suécia e Holanda. É diretora e chef docente na empresa Verde Oliva, dedicada a apresentação e design de oficinas de educação alimentar e a pesquisa e fomento à cozinha regional e frutos nativos. Autora do “Livro de Receitas de frutos nativos do Uruguai”. Produtora orgânica certificada de frutos nativos desde 2008, em San Luis Canelones. Coordenadora nacional de Slow Food Internacional no Uruguai
    Chef contra a fome da Iniciativa de FAO internacional, participando nos recetarios. Trabalha na pesquisa gastronômica de frutos nativos desde 2006

  2. Luis Oscar Ramos Correa – Esp. Gestão/PPGA/UFRGS – Esp. Educação/FDRH-PUC – Mestre em Educação/PPGEDU/UFRGS. Sua caminhada na área da Educação Ambiental e Sustentabilidade iniciou-se quando participou de um curso sobre o tema na Universidade Livre do Meio Ambiente/Curitiba/PR-95. Posteriormente, foi membro da Coordenação Coletiva do Núcleo de Economia Popular e Solidária da PROREXT/UFRGS (1999/2002). Atualmente, atua na Rede Municipal de Educação, onde coordena um Projeto de Sustentabilidade na EMEF Pessoa de Brum/Restinga, com parceria da Coopertinga, desde 2013. A escola que queira ter a participação de sua comunidade deve pular os seus muros e ao mesmo tempo abrir suas portas. Foi assim que iniciou a parceria com a Coopertinga (2013), para desenvolver o Projeto de Sustentabilidade e Educação Ambiental.
  3. Valnei Alexandre da Fonseca – Carioca, 36 anos, sempre estudou na rede pública de ensino do Rio de Janeiro. É formado em Letras pela UFRJ, especialista em Linguística, Língua Portuguesa, mestre em Psicanálise, Saúde e Sociedade. Professor há 16 anos e gestor há 7 anos, desses, 5 anos como diretor-geral do Colégio Estadual Erich Walter Heine. Apaixonado pela educação e o meio ambiente. Colégio Estadual Erich Walter Heine em Santa Cruz/RJ, escola de ensino médio em tempo integral construída e mantida pela thyssenkrupp, que oferece a sustentabilidade como conceito e a aplica em diferentes disciplinas e no cotidiano dos alunos.

Mediador: Alexandro Tozetti

14h às 15h30

Painel 3 – Sustentabilidade, Planejamento e Gestão na Educação

Painelistas:

  1. Claudio Langone – Claudio Langone é consultor em gestão ambiental e sustentabilidade. Foi secretário municipal de Meio Ambiente de Porto Alegre, presidente da FEPAM e primeiro secretário estadual de Meio Ambiente do Rio Grande do Sul. Foi secretário executivo do MMA na gestão da ministra Marina Silva e consultor em sustentabilidade do Ministério do Esporte para a Copa 2014. Coordenou a consultoria de apoio ao governo federal nos Jogos Olímpicos 2016.

  2. Rodrigo Sabatini – Engenheiro civil, especializado em engenharia de produção. Presidente do Instituto Lixo Zero Brasil e fundador e mentor do movimento Zero Waste Youth.
  1. Stella Branco – Advogada e Pedagoga. Formada em Pedagogia Waldorf pelo Curso Brasil I de Fundamentação em PW (2005 a 2008). Foi professora de classe da quinta turma da Escola Waldorf Querência, conduzindo-a de 2009 a 2016. Integra a Diretoria da Associação Micael de Pedagogia Waldorf no RS, mantenedora da EWQ (gestão 2015-2017). Atualmente, atua como coordenadora administrativa, com foco no acompanhamento do projeto de captação de recursos e construção da nova sede da escola.

Mediador: Carlos Moraes

15h30 às 16h30

Conferência de encerramento: Rualdo Menegat – Mestre do Instituto de Geociências da UFRGS. Doutor em Ecologia e paisagem. Membro da Cátedra Unesco/Unitwin. Preside a sessão brasileira da International Association for Geoethics.

Quer compartilhar?