Poesia de Resistência

Compartilhe:

Filme produzido por Susana Franco e Rafaela  Zwierzynski, no projeto Câmera Causa, edição Cine Esquema Causa 2019, em Porto Alegre, ministrado por Gustavo Spolidoro, Lucas Heitor e Jadhe Fucilini, novembro de 2019.

Apresenta poesias de jovens negros de Porto Alegre, Tiatã e Belchior, do coletivo @Uni(verso). São poesias que tratam da situação dos negros no Brasil, os preconceitos, as discriminações, e especialmente as dificuldades que eles vivem para enfrentar a cidade, o estado e o país: racistas. 

A estratégia de resistência é  fazer  poesia pelas ruas da cidade, para mostrar a opressão e o racismo, mas o mais importante para nos fazer pensar e mudar.

Tiatã & Belch

Tiatã, nasceu em 1998 em Porto Alegre - RS, é poeta, MC e estudante de Relações Públicas.  Versa desde os 11 anos, onde achou na escrita uma válvula de escape e mais tarde um meio de ajudar na representatividade do povo preto e periférico de onde morava. Inserida no Slam desde o início de 2018, em 2019 foi a representante do RS no torneio nacional singulares em São Paulo e Campeã Gaúcha de Slam em 2021. Atualmente faz parte de 4 coordenações de Slam, dentre eles o Slam Conexões, responsável pela Final Estadual Gaúcha de Slam, onde é mestre de cerimônia.

Igor Belchior, conhecido artisticamente como "Belch", é um multifacetado artista de 22 anos. Desde 2018, sua jornada se deu início nas batalhas de rima e desde então ele tem deixado sua marca como cantor, MC e poeta. Sua criatividade e carisma transborda também para o mundo digital, onde se destaca como criador de conteúdo. Com mais de 100 mil visualizações em suas músicas e poesias nas redes sociais e plataformas digitais, Belch conquistou uma pequena base de fãs que apreciam sua expressividade tanto pessoal quanto artística.

Nossos Patrocinadores

Nossos Patrocinadores

Receba as notícias
da Virada Sustentável